domingo, 6 de fevereiro de 2011

Bendita Internet



Desde que ela chegou, as nossas vidas sofreu uma explosão de GBs (Gigabytes) por segundos... É tão complicado dizer isso, mas confesso: "Não dá mais pra viver sem". Será que um dia terei cura?
Além de pesquisas, estudos, compras, entretenimento, sites de relacionamentos, a Internet foi o "Achado da mina para tudo aquilo que estava no anonimato a respeito de O.I.
Descobrimos tratamentos, médicos especialistas, amigos com experiências similares, e etc.  etc. e tal.  Na minha concepção, um dos achados mais importantes, foi saber como lidar com a "Dona OI."
Fácil não foi, mas quanto mais informação você obtém a respeito daquilo que você busca, mais aceitação você tem e mais preparado pra vida você fica!

Hoje em dia, o n° dos meus amigos virtuais já ultrapassaram de 200. As troca de e-mails, fotos, informações sobre tratamentos, experiências de vida, só pode provar que: "A falha no colágeno tipo I, foi a coincidência principal desses longos papos virtuais".

Valeu MSN!

3 comentários:

  1. Sim, e concerteza eu não teria conhecido um tatão de pessoas com OI Beijoss Si!

    ResponderExcluir
  2. Verdade, Simone. A internet, ao contrário do que alguns acham, aproxima as pessoas.

    ResponderExcluir